Fórum dos Técnicos repudia PLP 39/2020 e conclama categoria para manifestação virtual

Dia seguinte ao Dia do(a) Trabalhador(a) o Senado Federal aprova o PLP 39/2020, um ataque aos trabalhadores do setor público e um favor ao sistema financeiro, disfarçado de ajuda fiscal aos Estados e Municípios.

O projeto estabelece como uma das condições para os estados e municípios receberem a ajuda federal, o congelamento dos salários dos servidores até dezembro de 2021, proíbe a realização de concursos públicos, progressão de carreira, contratação de trabalhadores temporários, na contramão do necessário fortalecimento dos serviços públicos para combater a maior emergência sanitária da história.

Governo e o Senado aproveitaram o fato de serem obrigados a ajudar os estados e municípios, para aprofundar o arrocho salarial e a destruição de carreiras do serviço público, o projeto teve o voto de 79 dos 81 senadores, incluindo os de partidos da extrema direita e os do PT, PDT e PSB, apenas o Senador Randolfe Rodrigues (Rede) votou contra.

Ao invés de taxar as grandes fortunas, as grandes empresas e corporações, o sistema financeiro com pagamento de impostos sobre os lucros e dividendos e suspender o pagamento de bilhões da dívida pública, os senadores resolveram cometer uma verdadeira atrocidade contra os servidores públicos de todo país.

“Para nós servidores públicos baianos, representa viver pelo 7 ° e 8° ano sem reajuste salarial; e como servidores técnicos administrativos das universidades ficar mais dois anos sem progressão e quatro anos sem promoção, já que tem dois anos sem ocorrer. O projeto segue para votação na Câmara Federal, vários sindicatos baianos estão buscando articulação com deputados que representam o estado e de partidos de esquerda na busca de barrar tais medidas, pois infelizmente sabemos que passando na Câmara, rapidamente será implementado pelo governo Rui Costa. Sabemos que é de fundamental importância a ajuda financeira para que estados e municípios tenham recursos para enfrentar o novo coronavírus (Covid-19), mas colocar mais essa conta nas costas dos servidores públicos é abominável”, destaca Daiana Alcântara, presidente do Fórum dos Técnicos das Ueba.

Com a necessidade do isolamento não é possível se manifestar nas ruas, mas os Fórum dos Técnicos conclama a categoria nas quatro universidades para virtualmente enviar emails (clique aqui para baixar o modelo de texto) para o(a)s deputado(a)s federais pressionando-os a votar contra.

Abaixo contatos:

dep.abiliosantana@camara.leg.br;
dep.adolfoviana@camara.leg.br;
dep.afonsoflorence@camara.leg.br;
dep.alexsantana@camara.leg.br;
dep.aliceportugal@camara.leg.br;
dep.antoniobrito@camara.leg.br;
dep.arthuroliveiramaia@camara.leg.br;
dep.bacelar@camara.leg.br;
dep.cacaleao@camara.leg.br;
dep.charlesfernandes@camara.leg.br;
dep.claudiocajado@camara.leg.br;
dep.danielalmeida@camara.leg.br;
dep.elmarnascimento@camara.leg.br;
dep.felixmendoncajunior@camara.leg.br;
dep.igorkannario@camara.leg.br;
dep.joaocarlosbacelar@camara.leg.br;
dep.joaoroma@camara.leg.br;
dep.jorgesolla@camara.leg.br;
dep.josenunes@camara.leg.br;
dep.joserocha@camara.leg.br;
dep.joseildoramos@camara.leg.br;
dep.leurlomantojunior@camara.leg.br;
dep.lidicedamata@camara.leg.br;
dep.marcelonilo@camara.leg.br;
dep.marciomarinho@camara.leg.br;
dep.marionegromontejr@camara.leg.br;
dep.ottoalencarfilho@camara.leg.br;
dep.pastorsargentoisidorio@camara.leg.br;
dep.pauloazi@camara.leg.br;
dep.paulomagalhaes@camara.leg.br;
dep.professoradayanepimentel@camara.leg.br;
dep.raimundocosta@camara.leg.br;
dep.ronaldocarletto@camara.leg.br;
dep.sergiobrito@camara.leg.br;
dep.tito@camara.leg.br;
dep.ulduricojunior@camara.leg.br;
dep.valmirassuncao@camara.leg.br;
dep.waldenorpereira@camara.leg.br;
dep.zeneto@camara.leg.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *