Agosto Lilás: ‘Violência doméstica e familiar contra a mulher’ é tema de roda de conversa promovido pelo SINTEST

Spread the love

Fortalecendo a campanha do Agosto Lilás, o Sintest – BA realizou na manhã desta quinta – feira (24), uma roda de conversa com o tema “Agosto Lilás: pelo enfrentamento da violência contra a mulher”. A atividade aconteceu na Feira de Saberes e Sabores da UEFS, e foi voltada para as/os servidoras/es filiadas/as e toda a comunidade. Durante o evento os/as associados/as receberam um voucher para escolher itens de alimentação que são vendidos todas as quintas-feiras no espaço, degustando portanto um delicioso café regional.

A atividade teve como objetivo conscientizar mulheres e homens buscando o enfrentamento da violência doméstica, promovendo a educação como instrumento para a transformação social e o incentivo ao respeito e defesa dos direitos às mulheres. O bate papo foi dirigido pela Drª Clécia Vasconcelos, delegada titular da DEAM, que promove um trabalho integrado da delegacia com outros órgãos do município para fortalecer a rede de apoio às mulheres vítimas de violência. Desde 2013 à frente do órgão, Clécia Vasconcelos revelou dados sobre o atendimento diário, casos na cidade e abordou as complexidades do enfrentamento às violências contra a mulher.


“Além da violência doméstica, as DEAMs são espaços para combate também da violência sexual contra a mulher. A violência doméstica atinge mulheres de todas as classes sociais, independente do grau de escolaridade’. Quando a vítima não se sente à vontade para ir a uma delegacia as denúncias podem ser feitas pelo número 180 ou por meio da Rede de Apoio e Atendimento à Mulher, composta pelo Centro de Referência Maria Quitéria, Ronda Maria da Penha, Secretaria de Políticas para as Mulheres (SPM), Ministério Público e Defensoria. Os atendimentos são sigilosos garantindo segurança às mulheres, e ocorrem por demanda espontânea ou através de encaminhamentos.” destacou Dra. Clécia.

A diretora administrativa do Sintest avaliou como positiva a atividade. “O Agosto Lilás traz a campanha de combate à violência doméstica familiar, que é mais uma forma de mostrar para todas as mulheres que passam por essa situação que sempre há esperança. E é por meio da realização de campanhas com a temática que conseguiremos alcançar a conscientização de um número maior de pessoas, e assim, diminuir estes números tão alarmantes de violência contra a mulher”, afirmou.

“Parabéns ao Sintest pela importante iniciativa de promover ações  preventivas de combate  à violência de gênero, pauta esta que evoca toda a sociedade e o poder público a refletir e buscar medidas energéticas para proteger a vida e a dignidade humana de todas as mulheres”, destacou a servidora Rafaela Gonçalves.

“Os homens devem se posicionar quando presenciar casos de agressão física a uma mulher, assédio e outros tipos de violência. É importante que o agressor saiba que sua atitude não é aceitável. É importante sempre se posicione a favor da vítima. O mesmo serve para piadas machistas em círculo de amigos ou em casos considerados como brincadeiras, principalmente no ambiente de trabalho”, destacou o servidor André Freitas.

Confira a galeria 


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *