12ª edição do Festival de Sanfoneiro da Uefs; saiba como foi

Spread the love

A Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs), através do Centro de Cultura e Arte (Cuca) e com apoio do Serviço Social do Comércio (Sesc), promoveu na noite desta quinta-feira (25), a 12ª edição do Festival de Sanfoneiros, no Auditório Central do campus universitário. O evento foi gratuito, e reuniu um público aproximado de 1.100 pessoas.

Pela primeira vez, o Festival premiou sanfoneiros de quatro categorias: nacional, sanfona de até oito baixos, sanfona acima de oito baixos e infanto-juvenil. Todos os finalistas receberam o prêmio de seleção no valor de R$ 3.600. A premiação total foi de R$ 53.200. Nesta noite, os 12 finalistas se apresentaram para disputar o prêmio do ”Júri Popular”, no valor de 3 mil reais.

Na categoria ”Nacional”, o prêmio de júri popular foi entregue a Vinicius Bianchini. Ele teve 54,8% dos 2.129.  Na categoria infanto-juvenil, o ganhador foi Pedro Kauan, que deu a ele 40,1% dos votos, de um total de 1.218.  56,2% foi o percentual que deu a vitória a Luizinho dos 8 Baixos, participante da categoria ”Até 8 baixos”. Ao todo 988 pessoas votaram para premiar esta categoria. Já a finalista Francine Maria, foi a vencedora da premiação do Júri Popular, na categoria ”Acima de 8 baixos”, com 44,2% dos 1.112 votos. Única mulher a participar da competição desta noite, a menina – de apenas 15 anos -, fez questão de lembrar que ”independente da cor, da raça e do gênero a gente pode sim fazer arte, fazer o que a gente quiser”.

A reitora da Uefs prestigiou o evento e falou da importância de valorizar a cultura popular. ”Este é um momento muito importante pra gente vivenciar a arte, a cultura popular, um momento de valorização da sanfona enquanto instrumento potente de uma musicalidade que encanta. Vida longa ao Festival de Sanfoneiros”, disse.

O Festival de Sanfoneiros ainda contou com uma homenagem a Bié dos 8 baixos, um artista popular que passou parte da sua vida animando o Centro de Abastecimento em dias de feira, e show da banda Arquivo do Nordeste.

A diretora geral do Sintest-BA, Daiana Alcântara, participou do momento e destacou que: “Esse festival nos emociona. A decoração estava linda, os poemas, a sanfona, o forró, a energia. Foi maravilhoso!”

Confira as fotos

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *