Sintest dialoga com a Administração Superior da UEFS sobre o Centro de Educação Básica

Na manhã de hoje (16), aconteceu uma reunião com a Administração Superior da Universidade Estadual de Feira de Santana para tratar sobre a situação da reforma do prédio do CEB-UEFS. Esta reunião foi pleiteada pelo Sintest e contou com a participação de pais de alunos do CEB, a saber: Sheila Miranda Leão, Vivian Nascimento, Cinara Santana e Francisco de Assis; do reitor Evandro Nascimento e da vice-reitora, Amali Mucci; a chefe da Uninfra, Nadja Ribeiro; da diretora e vice-diretora do CEB, Erika Medeiros e Cristiane Pinto, respectivamente.

Já é de conhecimento da comunidade acadêmica, e principalmente dos pais de alunos do CEB, que no início do ano foram iniciadas obras de manutenção no prédio do CEB UEFS e que estas obras foram suspensas em meados do final do mês de março e até o momento não houve continuidade.

Mesmo diante de todo o quadro pandêmico vivido ultimamente, é sabido que nada justifica a falta de continuidade das obras e exigiu-se uma explicação do ocorrido, pois já estamos no mês de julho e não houve até o momento um movimento que sinalizasse o retorno destas obras. É com muita tristeza que recebemos a notícia de que as obras foram iniciadas sem uma devida formalização do processo (ordem de serviço), que a empresa prestadora do serviço abandonou a empreitada e que até o momento não houve nenhuma solução para a referida questão, por parte da Secretaria de Educação do Estado, apontada pela Administração Superior como a responsável pelas obras.

Uma outra preocupação do Sintest é quanto ao retorno das atividades presenciais no campus e possivelmente na referida escola. Segundo a Diretora do CEB, Erika Medeiros, “a escola está um verdadeiro canteiro de obras e sem condição nenhuma para reiniciar as aulas mesmo obedecendo todo o protocolo da prefeitura para o retorno das atividades”.

O reitor se comprometeu em conseguir uma reunião com representantes da Secretaria de Educação do Estado para tratar sobre a reforma, tanto o Sintest quanto os representantes de pais pediram participação na referida reunião e aguardam a divulgação da data para continuar na luta por esta escola que é nossa!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *