Em reunião ampliada Sintest reúne a categoria e assessoria jurídica para discutir insalubridade

Spread the love

A Diretoria e Assessoria Jurídica do SINTEST-BA se reuniram na manhã desta terça-feira (15) com  a categoria para uma reunião ampliada presencial sobre insalubridade com os servidores que trabalham em locais insalubres e não recebem o referido adicional. A necessidade de ampliar a discussão em torno do tema vem das constantes negativas da Secretaria Administrativa do Estado da Bahia (SAEB) para impedir o acesso ao direito para os servidores que trabalham em condições insalubres e estão expostos a riscos diversos. São muitas as situações que envolvem a recusa do pagamento do adicional de insalubridade. De modo geral, os laudos são indeferidos e a Junta Médica do Estado se nega a realizar as perícias, fazendo com o que os processos fiquem parados por anos.

A Reunião Ampliada foi um espaço de apresentação do andamento dos processos e de informações técnicas sobre a concessão da insalubridade, bem como, um momento para apresentação e construção coletiva de novas estratégias para garantir este direito para a categoria.

Os encaminhamentos da reunião foram: a criação de uma comissão com o intuito de discutir junto à Administração Central maneiras de garantir o direito ao adicional de insalubridade; e o envio de um ofício (veja aqui) à reitoria solicitando uma reunião com a comissão, diretoria do Sintest, e o assessor jurídico do Sintest, Danilo Ribeiro. A comissão foi constituída por quatro servidoras: Daniele Mendes da Silva, Ivanete Alves de Sousa, Sheila Miranda Leão Ferreira e Tahise Neiva Campodonio.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *