Sindicato, equipe escolar, pais e mães de estudantes do Ceb se reúnem com Reitoria da Uefs

Spread the love

Aconteceu na manhã de ontem (14), uma reunião na Sala dos Conselhos do prédio da Reitoria da Uefs para discutir o funcionamento da turma do Grupo 4 do Centro de Educação Básica da Uefs.

A servidora Daniele Mendes da Silva, mãe de estudante da turma matutina e o servidor Josenilton de Morais Santos , pai de estudante da turma vespertina foram escolhidos como representantes dos pais do grupo e como associados do Sintest-BA solicitaram ao sindicato mediação de situação junto à Administração da universidade.

O Grupo 4 do CEB há muitos anos funciona de forma inadequada numa sala da Creche Uefs. Após vários pais e mães colocarem suas angústias com o espaço, que tem inclusive influenciado negativamente no que tange a saúde das crianças e comprometido seu desenvolvimento pedagógico, a reitora Amali Mussi, destacou que envidará esforços para busca coletiva de solução para a questão. “Em breve o governador Jerônimo Rodrigues virá à instituição fazer o lançamento formal da construção do novo prédio do Ceb. O novo prédio permitirá o funcionamento total da escola no campus e possibilitará a ampliação física também da Creche. Mas emergencialmente podemos buscar uma solução para o Grupo 4”, afirmou. A chefe da Uninfra, Nadja Ribeiro, fez esclarecimentos sobre as intervenções estruturais possíveis no local.

A diretora geral do Sintest-BA, Daiana Alcântara, fez um encaminhamento que foi avaliado pelos presentes como uma solução muito positiva. “Eu fui estagiária no Ceb em 2004 e 2005, ensinando exatamente o grupo 4, naquela mesma sala. Como diretora do Sintest-BA, conheço as necessidades também da Creche empatadas por o grupo 4 estar no espaço. Então sugiro que provisoriamente a biblioteca infantil do Ceb seja abrigada na BCJC e o grupo 4 integre o espaço do Ceb e a Creche fique com sua sala. A biblioteca infantil também indo para a BCJC poderá ser um estímulo para visitação mais assídua das crianças no espaço e de conhecimento dos espaços no campus”, disse.

A diretora do Ceb, Daniela Oliveira, se pronunciou favorável e a reitoria da Uefs pactuou dar prosseguimento nessa saída que se apresentou entre os presentes como a mais viável até que o novo prédio seja construído.

A reunião foi encerrada com bastante expectativa por parte das mães e pais presentes. “Considero que a reunião foi bastante positiva! A administração superior se mostrou aberta às sugestões apresentadas e engajada a resolver essa questão que, pelo que sabemos, se arrasta por anos. Estamos confiantes que as crianças do grupo 4 enfim terão sua própria sala de aula, e seguiremos vigilantes para o cumprimento mais breve possível do que foi acordado na reunião”, destacou Daniele Mendes, representando as mães.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *