Técnicos das universidades estaduais protestam pelo reajuste salarial e demandas da categoria

Spread the love

Protesto na Governadoria, em 29/03/2023. 

Na manhã de ontem (29), o Fórum dos Técnicos reuniu a categoria dos técnicos das UEBA na área externa da Governadoria do estado da Bahia, para manifestação pelo reajuste salarial, em prol da pauta de reivindicações da classe e pleiteando o diálogo com o Governador. O momento ocorreu no Centro Administrativo da Bahia (CAB), em Salvador.

O protesto, intitulado “Basta, governador!”, contou com faixas, banda, apitaço e cartazes com as principais reivindicações dos técnicos e os servidores e servidoras trancaram o portão de acesso de veículos da governadoria exigindo serem ouvidos pelo governo do estado.

A manifestação demonstrou a grande insatisfação da categoria com o desrespeito e desvalorização que enfrentam por parte do governo com perdas salariais de mais de 53% acumuladas em 08 anos sem reajuste; ausência de concurso público, plano de carreira defasado, auxílio alimentação insuficiente, e demais pautas. Os técnicos universitários encontraram outras categorias insatisfeitas com a falta de anúncio do reajuste salarial do funcionalismo público baiano.

“Os servidores técnicos das universidades iniciam a partir desse dia, o estado permanente de mobilização, dizendo ao governador Jerônimo Rodrigues: BASTA!”, declarou Firmino Júlio, presidente do Fórum dos Técnicos.

Após o movimento na governadoria, os representantes sindicais foram recebidos durante a tarde, no gabinete da Secretaria de Educação (SEC), pela Profa. Adélia Pinheiro, secretária de Educação do Estado, e pelo Prof. José Bites de Carvalho, Coordenador-Executivo de Programas e Projetos Estratégicos e ex-reitor da UNEB, para dialogar sobre pautas da categoria. Reginaldo Alves, Vice-Presidente da Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB)/Bahia participou acompanhando o Fórum.

Participaram os servidores da UNEB de Salvador, Alagoinhas, Jacobina e Eunápolis; além de representação dos técnicos da UESC, UESB e UEFS. Nos departamentos do interior da UNEB houve manifestações com o mesmo propósito.

Confira as fotos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *