Em assembleia, categoria avalia conjuntura e planos para 2023

Spread the love

Em assembleia ocorrida na última quarta-feira (7), os servidores administrativos puderam atualizar as informações jurídicas sobre o andamento dos processos da Progressão 2016 e da Insalubridade.

No que tange a  pauta com o Governo Estadual, foi explicado pela diretora geral Daiana Alcântara, pormenores acerca do pagamento do primeiro processo de promoção, onde os servidores que possuem cargos comissionados estão com pendência para solucionar em janeiro.

No ponto acerca da Pauta Interna (VEJA AQUI) foi observado a necessidade de atualização dos pontos, nesse sentido, o sindicato e encaminhará a pauta por e-mail para coletar sugestões, para apreciação na próxima assembleia.

Sobre a participação no CAP e COP 2023, foi feito um breve relato sobre as reuniões ocorridas nas instâncias e encaminhado que a categoria irá defender firmemente suas pautas nestes espaços.

Por último foi feito um resumo sobre as emendas parlamentares conseguidas por meio do trabalho político do Sintest para a Uefs com a deputada estadual Fabíola Mansur (26 mil), e com o Deputado Federal Daniel Almeida (200 mil) no corrente ano, e informou sobre as novas solicitações resultantes da parceria política da diretoria do Sintest-Ba com Dart Clair, diretora do Sindsaúde-Ba, onde está previsto que a Uefs em 2023 receba mais de um milhão em emendas federais dos deputados do PCdoB, Daniel Almeida e Alice Portugal.

“Acreditamos que a captação de recursos é um caminho novo para as pautas internas se concretizarem, por isso é importante fazer uma  nova escuta, atualizações nos pontos e fazer  projetos em conformidade com o desejo da categoria e a Administração Central”,  disse Alcântara, diretora geral do Sintest-BA.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *