“Saúde mental no ambiente acadêmico” foi o tema debatido na Aula Magna

Spread the love

 

Na tarde desta terça-feira (23), a diretoria do SINTEST esteve presente na Aula Magna da UEFS do semestre 2022.2, que teve como tema “Saúde mental no ambiente universitário”. A palestra foi proferida pelo professor Leonardo de Oliveira Barros, da Universidade Federal da Bahia (Ufba), que é psicólogo, mestre e doutor em Psicologia com ênfase em Avaliação Psicológica.

O evento foi prestigiado por alunos, professores e servidores técnico-administrativos da instituição.

 O reitor Evandro do Nascimento deu boas vindas à comunidade acadêmica, declarando a abertura oficial do semestre e salientou a importância do tema abordado no evento. “O tema trazido aqui “saúde mental”, é de muita importância para que possamos da conta de uma demanda que é real, e que tem afetado a comunidade universitária. Existem estudos realizados que dão conta de que a sobrecarga de atividades no ambiente acadêmico tem gerado o adoecimento das pessoas. A Aula Magna é um momento de conscientização sobre esse tema, e a instituição realizará uma série de ações para humanizar e acolher com tratamento diferenciado essas necessidades da comunidade universitária”, disse.

Para a vice-reitora da Uefs, Amali Mussi, o Grupo de Trabalho sobre Saúde Mental desenvolvido na Uefs está crescendo e está se transformando em um Fórum constituído por professores e servidores técnico-administrativos que estudam a temática. “São profissionais que têm projeto de pesquisa ou de extensão, que atuam nos seus setores na temática e que envolvem ações não somente psicológicas ou de apoio psicossocial, mas também atividades físicas, artísticas e culturais”.

‘Viver não cabe no Lattes”, essa reflexão foi trazida pelo conferencista, o professor Leonardo de Oliveira Barros, cujo objetivo foi promover uma análise sobre problemas como ansiedade, depressão e sobre a importância da saúde emocional no espaço universitário. “É preciso buscar estratégias para tornar o ambiente mais saudável, pensar maneiras mais efetivas de comunicação e incentivar que os estudantes busquem os recursos de apoio que a universidade já possui. Estamos voltando depois de um período de pandemia e as questões de adoecimento dos nossos alunos se acentuaram muito. Vivenciamos um período de readaptação que está demandando novas estratégias para voltar a esse ambiente, como refazer as relações e se articular de novo com os professores e os colegas. Isso traz um nível de estresse muito grande”, destacou.

Professor Leonardo de Oliveira Barros, palestrante da Aula Magna, 23/08/2022. Foto: Edvan Barbosa

A diretora de Cultura e Desporto, Maria Rita Suzarte, representou o SINTEST na mesa de abertura. Em sua fala, Suzarte destaca a importância de continuar empreendendo debates e ações que construam caminhos cada vez mais humanizados e equilibrados. “Com a pandemia de Covid, enquanto as atenções de alguns se voltam para os impactos na economia, outros refletiram e se preocupam com a saúde mental de todos, tão ou mais impactada quanto qualquer setor do país. O Sintest tem já no seu histórico de discussões o fortalecimento de campanhas como o Setembro Amarelo e debates conjuntos feitos via Fórum dos Técnicos para dialogar com a categoria sobre a importância dos cuidados com a mente e o corpo. No próximo mês uma programação será apresentada contribuindo ainda mais com esse rico momento. Vale a pena destacar as ações assertivas que estão sendo realizadas pela equipe do Sesu Uefs, precisamos dessa atenção e olhar cuidadoso com as relações e dia-dia de labor na nossa instituição”, destacou.

Além do conferencista, compuseram a mesa do evento o reitor da Uefs, Evandro do Nascimento, a vice-reitora, Amali Mussi, a diretora de Cultura e Desporto do Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Terceiro Grau (Sintest), Maria Rita Suzarte, , do coordenador da Associação dos Docentes da Uefs (Adufs), Gean Santana, , e do coordenador geral do Diretório Central dos Estudantes (DCE), Pedro Henrique de Lima. A programação contou com uma apresentação musical do grupo vocal Licemus, formada por estudantes de graduação do curso de Música, coordenados pelas professoras Rosa Eugênia Vilas Boas e Cláudia Elisiane Santos. A tradução em libras dos discursos e da palestra foi feita pelas intérpretes Tatiane Macambira e Emanuele Ressurreição.

 Antes de iniciar a Aula Magna, representantes do Sintest, Adufs, DCE e o Sindvigilantes fizeram a distribuição de folderes em frente ao anfiteatro do Módulo 2. O folder é parte material da Campanha Contra o Assédio na UEFS que traz informações sobre o que é assédio, os tipos, como identificar e contato das entidades que assinam a Campanha para que possam buscar mais informações sobre como fazer a denúncia. A ação tem como objetivo informar, prevenir e combater ações de assédio na universidade.

Confira as fotos


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *