Sindicatos baianos iniciam campanha salarial e mobilizações para discussão de pautas

Spread the love
Outdoor instalado na Uefs.

Entidades do serviço público (Afus, Afusc, Aplb, Aduneb, Sintest-Ba, Sindsaúde-Ba, Sinspeb) iniciaram uma campanha visual na BR 324 e BR 116 e em algumas cidades com campus universitários questionando o governo do estado acerca do reajuste salarial do servidor público. Os outdoors informam que em dezembro o salário do governador do estado foi reajustado em 48,5% e o dos deputados e deputadas estaduais em 16% e ainda não se tem notícias sobre o dos servidores.

“O Dieese apresentou um estudo (VEJA AQUI) as entidades onde foi observado a capacidade orçamentária do governo em proporcionar reposição salarial e ganho real para os trabalhadores do serviço público, logo queremos discutir uma proposta e também construir um espaço de negociações permanente no Estado, já que o governo federal já apontou a criação de um conselho e o nosso governador disse nas mídias que buscaria espelhar na Bahia estratégias do governo Lula e manter alinhamento com ações federais”, disse Firmino Júlio,  presidente do Fórum dos Técnicos.

Avançando nas ações, ainda nesta tarde, (11/12), foi entregue no Protocolo da Governadoria um ofício (VEJA AQUI) contendo reivindicações conjuntas, ressaltando a necessidade da criação de mesas de negociações permanentes, um conselho ou GT para diálogo.

“Amanhã estaremos no Bonfim fazendo nosso cortejo com bandeiras, camisas e faixas com as principais reivindicações dos trabalhadores do serviço público, esperamos um retorno breve do governador acerca das nossas pautas. Iniciamos o ano mobilizados em defesa da democracia e dos  direitos dos trabalhadores”, destacou Ivanilda Brito, presidente do Sindsaúde-BA.

Confira a galeria 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *