Trabalhadores da educação é definido pelo governo federal como grupo prioritário para vacinação

Spread the love

 

O governo do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) incluiu os trabalhadores da área de Educação na lista de serviços essenciais e no grupo prioritário para receber a vacina contra a covid-19. A informação foi confirmada pelo ministro da Educação, Milton Ribeiro, em post compartilhado nas redes sociais.

O documento do Ministério da Saúde foi enviado ao STF (Supremo Tribunal Federal) com o detalhamento de quais grupos terão prioridade para a vacinação contra o coronavírus.

Em Nota Informativa, a Secretaria de Vigilância em Saúde, do Ministério da Saúde, disse entender que o ambiente de escolas e universidades são potenciais na exposição à infecção por Covid-19, tal manifestação foi tomada no âmbito de uma ação movida pela Rede Sustentabilidade que cobra um detalhamento das ações e de qual a prioridade de vacinação contra Covid-19. O processo é relatado pelo ministro Ricardo Lewandowski.

“Nossa defesa permanece pela vacina para todos e pelo Sus, entretanto dentro da realidade em que estamos imersos, foi uma decisão importante e favorável para nossa categoria neste momento”, concluiu Daiana Alcântara, diretora geral do Sintest-BA/Uefs.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (0) in /home/zigzagdo/sintestuefs.com.br/wp-includes/functions.php on line 4757

Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (0) in /home/zigzagdo/sintestuefs.com.br/wp-content/plugins/really-simple-ssl/class-mixed-content-fixer.php on line 110