Fórum dos Técnicos das UEBA promove live sobre a vacinação em tempos de pandemia

Spread the love

O Fórum dos Técnicos das UEBA promoveu na tarde de ontem (25/02), live com o tema “Vacinação em tempos de pandemia: desafios da política de imunização”.

A transmissão contou com a participação de Daiana Alcântara (diretora geral do Sintest/Uefs), Firmino Júlio, (diretor geral do Sintest/Uneb), Rafael Bertoldo (Presidente da Afusc/Uesc e atual presidente do Fórum dos Técnicos) como mediador da live, Aladilce Souza (representante do Comitê Baiano Vacina pelo SUS Já!), Ivanilda Brito (presidente do SindSaúde-BA) e Lacita Menezes (enfermeira, profa. assistente DCS e doutoranda em Saúde Coletiva pela UFBA).

Lacita Meneze, traçou um panorama sobre a imunização. “Nunca na história da humanidade uma força tarefa tão grande foi conduzida em torno de uma produção de um único fármaco. Todos os países estão buscando a mesma coisa e investido dinheiro em pesquisa científica”, explicou.

A professora ainda reforçou a importância em confiar no plano de vacinação. “A ciência não foi atropelada para produzir a vacina do Covid-19, o processo lento de aprovação e licença foi acelerado devido à necessidade mundial pela vacina, aprovado por comitês científicos e agências reguladoras”.

“A falta de atuação do governo federal começou a nos incomodar, onde as lideranças políticas, sindicais, profissionais de saúde, entre outros, criaram o Comitê Baiano Vacina pelo SUS Já! para promover a luta pela construção de um plano nacional de vacinação efetivo no combate à pandemia do novo coronavírus no país”, disse Aladilce Souza.

Ivanilda Brito alertou para a atual situação da pandemia. “As unidades de saúde estão sob pressão. As pessoas estão chegando e não tem onde colocar, está faltando aparelho para as UTIs. Isso é muito desgastante, acaba com o emocional das pessoas. Temos que continuar lutando, o nosso papel é cuidar desses profissionais, e estou acompanhado, buscando, vendo de que estão precisando desde quando a pandemia começou, encaminhamos muitos ofícios, documentos para o governo, secretaria de saúde, no sentido de proteger esses trabalhadores. Pois a capital inteira (Salvador) está lotada, estão com uma pressão muito grande, dificuldade em encontrar leito clínico. Devemos compreender que, este momento não é oportuno para fazer festas nem grandes aglomerações, pois estamos vivendo um momento muito delicado da pandemia”.

Confira a apresentação de Slide da professora Lacita Meneze clicando aqui.

Veja a íntegra da live no canal no YouTube do Fórum dos Técnicos Bahia.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (0) in /home/zigzagdo/sintestuefs.com.br/wp-includes/functions.php on line 4757

Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (0) in /home/zigzagdo/sintestuefs.com.br/wp-content/plugins/really-simple-ssl/class-mixed-content-fixer.php on line 110