Caso Mariana Ferrer | Nota De Repúdio Contra A Cultura Do Estupro

Audiência com Mariana Ferrer

O Sintest, entidade que defende de forma intransigente os direitos e conquistas de todas e todos servidores técnicos da UNEB e UEFS, vem a público externar sua indignação pela demonstração de misoginia, machismo e desumanidade contra Mariana Ferrer, e o que torna mais lamentável nesse episódio, é que foi perpetuado por homens que deveriam defender a dignidade da vítima e promover a aplicação da justiça.

Infelizmente casos como esse demonstram a existência de uma cultura misógina que culpa a vítima e justifica a violência contra a mulher, e não é suficiente a elaboração de leis mais duras para mudar a situação, é necessário desconstruir a cultura que promove a banalização dessa desumanidade.

Portanto, ressaltamos que não existe estupro culposo, sendo necessário que lutemos contra essa cultura lesiva ao tecido social e moral, e contra aqueles que pactuam de alguma forma com sua manutenção, pois essa nos diminui como categoria, sociedade e seres humanos.

Para reflexão:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *