“Desafio ao funcionalismo público na pandemia” será tema de live do Fórum dos Técnicos, acompanhe

Subitamente, a pandemia de coronavírus (COVID-19) alterou a forma de trabalhar e o local de trabalho do setor público. Os servidores públicos estão desempenhando um papel de liderança na resposta à pandemia e encontrando formas inovadoras de desempenhar e alocar gastos com estímulos econômicos sem precedentes, e controlar picos severos de desemprego. Além disso, os profissionais de saúde estão mantendo os sistemas médicos funcionando e as famílias em segurança.

Nesse sentido, as forças de trabalho do setor público estão sendo solicitadas a trabalhar de novas maneiras dentro de novos contextos,  se adaptando aos novos procedimentos e protocolos que governam o trabalho remoto, processos de contratação acelerados e programas de mobilidade acelerados desenvolvidos com velocidade sem precedentes.

Em suma, os servidores públicos estão adaptando o trabalho e o tempo pessoal para cumprir os compromissos familiares e de assistência.

Nesse cenário, o Fórum dos Técnicos, promoverá a live “Desafios ao funcionalismo público na pandemia”, no próximo dia 26 de agosto, às 16h, com a participação de lideranças sindicais da educação, justiça, saúde e fazenda pública.

“Ivanilda Brito (Presidente do Sindsaúde), Rui Oliveira ( Presidente da Aplb),  Zenildo Castro (Presidente do Sinpojud) e Cláudio Meireles (Diretor do Sindsefaz), companheiros em várias frentes de lutas do funcionalismo público baiano, compartilharão conosco os desafios que as categorias estão enfrentando neste momento. É importante esse olhar coletivo. Estamos vivendo um contexto que nos exige muita reflexão e união, pois os sindicatos hoje tem como sua maior pauta, a defesa da vida. Então esperamos que não só nossa categoria, mas todos servidores públicos e sindicalistas assistam essa live”, disse a presidente do Fórum dos Técnicos,  Daiana Alcântara.

A transmissão ocorrerá no canal no YouTube do Fórum dos Técnicos Bahia e nos Facebook dos Sindicatos.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *