1º de Maio Dia Internacional de Luta da Classe Trabalhadora

 

O  Dia Internacional do Trabalhador é uma data comemorada internacionalmente no dia 1º de Maio e é dedicada aos(as) trabalhadores(as) em quase todos os países do mundo. A data foi instituída como feriado nacional, pela primeira vez, em 1920, na União Soviética, em homenagem aos trabalhadores de Chicago, que, no dia 1º de maio de 1886, iniciaram uma greve geral pela redução da jornada de trabalho de 17 horas para 8 horas diárias e contou com a adesão de 340 mil trabalhadores de todo o país.

Estudando as comemorações da data, a historiadora e coordenadora do Sintest-Ba/Uefs, Daiana Alcântara, em sua dissertação de mestrado intitulada “As comemorações do Primeiro de Maio em Salvador na Primeira República” nos esclarecesse de que forma os trabalhadores baianos construíram sua identidade a partir dos sentidos que a data dos trabalhadores ganhou no período.

A difusão e a consolidação da tradição do 1º de maio no Brasil, entre fins do século XIX e as primeiras décadas do século XX, foram bastante surpreendentes, se levarmos em conta a ausência de vínculos mais estreitos entre os socialistas locais e a Internacional Operária. Em Salvador, os setores mais qualificados da classe operária, como os tipógrafos, tiveram contato muito cedo com as ideias e motivações do Primeiro de Maio, reivindicando a fixação da jornada de trabalho em oito horas por dia numa greve realizada em abril de 1891. Com uma simbologia forte entre a classe trabalhadora, o Primeiro de Maio marca o  calendário nacional de comemorações e feriados nacionais até os dias atuais, sendo o único fruto de um movimento de homens e mulheres pobres que rompeu barreiras e ganhou um alcance mundial.

Em alusão à data o Sintest realizou na manhã de ontem (30/04) em parceria com os trabalhadores rurais uma feira drive-thru (saiba mais aqui).

Confira a entrevista 

 

As centrais sindicais também, organizaram para as celebrações deste ano o 1° de Maio Solidário online, em defesa da saúde, do emprego e renda nesta manhã a partir das 11h30min.

Diversas ações serão realizadas à distância, reforçando o isolamento social em tempos de pandemia da COVID-19 e estimulando a solidariedade entre pessoas, o fortalecimento das ações culturais e reflexões sobre o momento político que o país está vivendo.

O tema será “1° de Maio Solidário – Saúde, emprego e renda.  Em defesa da democracia. Um novo mundo é possível”, com homenagem aos trabalhadores de serviços essenciais na pandemia e a arrecadação de donativos à população vulnerável.

A live poderá ser acessada e compartilhada através da página do Facebook da Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil- CTB, no qual o Sintest-Ba e o Fórum dos Técnicos tem parceria com as Centrais Sindicais e farão o 1° de Maio solidário com live.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *