Entidades exigem do governo retirada da PEC 158/2019 da Reforma da Previdência

Spread the love

Na manhã de hoje (3), se reuniram dezesseis entidades do funcionalismo público na sede da Aplb, em Salvador, para dar continuidade aos encaminhamentos unificados contra a reforma da previdência proposta pelo governo Rui Costa.

Foi produzido uma nota pública para dar conhecimento a população sobre os malefícios da proposta e o posicionamento das entidades sindicais.

Durante a tarde houve um encontro entre as lideranças e representantes do Governo do Estado (SAEB, SERIN, FUNPREV e SUPREV) na Secretaria de Relações Institucionais do Estado da Bahia (SERIN), onde foi reafirmado que os servidores públicos baianos rejeitam a proposta e exigem a retirada da PEC 158/2019 da Assembleia Legislativa da Bahia.

A diretoria do Sintest-Ba reforça a importância dos servidores técnicos administrativos das universidades lerem o documento, se apropriarem dos debates e participarem das atividades de mobilização. “Essa reforma estadual é uma adequação aligeirada a reforma do Governo Federal. No ano passado já houve aumento da alíquota, se os servidores se acomodarem, a tendência é o governo continuar enviando esses pacotes de maldades todo final de ano, pois ele já conta com a desmobilização. É tudo bem arquitetado. Precisamos reagir”, disse Daiana Alcântara, coordenadora geral do sindicato.


 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *