Nota de Esclarecimento

O Fórum dos Técnicos das Universidades Estaduais do Estado da Bahia tomou conhecimento que a categoria manifestou dúvidas acerca dos termos do acordo assinado com o Governo do Estado no dia 23 de maio de 2019 pelos representantes do SINTEST na UNEB e AFUSC/UESC e no dia 28 de maio de 2019 pelos representantes do SINTEST na UEFS E AFUS/UESB. Vimos, portanto, por meio deste, esclarecer que a cláusula oito dos contratos é, conforme apurado junto a SAEB, um padrão que o governo utiliza para as negociações com todas as categorias que acordaram em seus termos de mudanças em seus vencimentos. Segundo o superintendente de recursos humanos do estado, Adriano Tambone, é de praxe o governo utilizar essa vigência de dois anos em negociações que resultem em aumento de despesas para o estado e isso nunca impediu que avanços fossem alcançados pelos servidores nas mesas de negociações. Diante dos acordos assinados por várias entidades sindicais, mostrados pela SAEB em reunião na manhã de hoje (18) com o Fórum terem o mesmo teor, a justificativa dada pelo superintendente foi comprovada.

Ainda que a reestruturação nos vencimentos dos técnicos universitários ativos e aposentados, bem como o ajuste dos auxiliares e técnicos administrativos não expressem os valores defendidos pelo Fórum e reconhecendo que as perdas que se acumulam ao longo destes quatro anos sem reajuste sejam impactantes, o Fórum dos Técnicos reconhece o avanço obtido e reforça sua disposição para a luta e defesa dos direitos da categoria traduzida por sua constante atuação junto aos órgãos e conclama os servidores para seguirem juntos, pois sem unidade e consciência nenhum avanço será possível.

Firmino Júlio de Oliveira Filho
Pres. Fórum dos Técnicos das UEBA
Coordenador Geral do SINTEST/BA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *