ADESÃO À PARALISAÇÃO DO DIA 12 DE JULHO: DIA NACIONAL DE LUTA CONTRA A REFORMA DA PREVIDÊNCIA

Seguindo a deliberação da assembleia da categoria em aderir à todos os movimentos nacionais, o Sintest informa que dia 12/07 é dia de paralisação das atividades laborais para dizer não nas ruas contra reforma da previdência, segundo chamada das centrais sindicais.

Leia a nota das centrais na íntegra.

A CUT e demais centrais – CGTB, CSB, CSP-Conlutas, CTB, Força Sindical, Intersindical, Nova Central, Pública e UGT – definiram nesta sexta-feira (28) que o próximo dia de luta dos trabalhadores e das trabalhadoras contra a reforma da Previdência de Jair Bolsonaro (PSL) será em 12 de julho.

Além do ato nacional em Brasília, contra o fim da aposentadoria, pela valorização da educação e por Emprego, que será realizado em conjunto com a União Nacional dos Estudantes (UNE), as centrais orientam os  trabalhadores e as trabalhadoras a se mobilizaram também em seus estados e cidades, coletando assinaturas para o abaixo-assinado contra a reforma da Previdência, que será entregue ao Congresso Nacional no dia 13 de agosto”.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *