Fórum dos Técnicos se pronuncia frente as ameaças sobre corte de ponto

Em reunião na manhã de ontem (20), na sede do SINTEST/UNEB, o Fórum dos representantes dos Técnicos das Universidades publicas da Bahia discutiram sobre a ameaça de corte de ponto enviada pela Superintendência de Recursos Humanos da SAEB, no dia 16/08, as reitorias das universidades solicitando lista de servidores técncios com registro com frequência positiva, para fins de desconto nos vencimentos daqueles que não tiveram frequência no dia de paralisação na luta pela pauta de reinvindicações da categoria e em defesa das universidades.

Orientados pela assessoria jurídica do advogado Danilo Ribeiro, o Fórum construiu um documento que foi protocolado na Casa Civil e na SAEB. No documento, os representantes do Sintest- Uneb, Firmino Júlio, do Sintest – Uefs, Daiana Alcântara, da Afusc (Uesc), Marco Aurélio Oliveira e da Afus, José Marcio, comentam como essa conduta se configura pela violação ao primado constitucional da autonomia universitária, considerando que todas as universidades estaduais são integrantes da administração pública indireta, constituídas como entes autárquicos que, por tal razão, detêm autonomia administrativa.

O Fórum também emitiu moção de repúdio, após considerar a atitude do governador Rui Costa como autoritária e abusiva, assim, deliberando pela continuidade das ações conjuntas em defesa da categoria.

Leia o texto completo do documento entregue a Casa Civil e a moção de repúdio abaixo:

Ofício n° 031/2018 – Fórum dos Técnicos
Moção de Repúdio – Fórum dos Técnicos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *